Óleo de Unção Nova Jerusalém | 30ml Romã
  • Óleo de Unção Nova Jerusalém | 30ml Romã
Óleo de Unção Nova Jerusalém | 30ml Romã - is currently on backorder. You may still purchase now though and we'll ship as soon as more become available.

Este óleo de unção premium foi feito à mão em Israel, usando azeite de oliva extravirgem, feito de oliveiras ao redor de Jerusalém. Foi perfumado e misturado de acordo com as receitas do hebraico antigo usando óleos essenciais e fragrâncias bíblicas provenientes do Oriente Médio e Extremo Oriente. Esta garrafa de óleo de unção foi dedicada e consagrada a Deus, e foi oficialmente testada quanto à qualidade.

“Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unge-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda.” (Salmo 23:5)

Ingredientes: Azeite de Oliva Extra Virgem Puro de Israel misturado com fragrância natural de Romã.

Em Cântico dos Cânticos, as bochechas da noiva são comparadas às metades de uma romã, assim como as romãs florescendo indicam o despertar do amor. Sua casca protetora, carne vermelha, suco doce, infinidade de sementes e propriedades restauradoras inspiraram muitos poetas e apaixonados ao longo dos tempos. O Esposo no quarto capítulo de Cântico dos Cânticos exclamou, cheio de louvor e adoração: “Jardim fechado és tu, minha irmã, noiva minha, manancial recluso, fonte selada. Os teus renovos são um pomar de romãs […]”.

A romã também é reverenciada há séculos como um símbolo religioso de ressurreição e nova vida. Com mais de 600 sementes embaladas dentro de suas paredes carmesim, a romã tem sido um símbolo artístico de fertilidade e abundância. Mas é o suco dessa fruta, com suas qualidades agridoces e benefícios nutricionais que capturou a imaginação de cozinheiros e pesquisadores.

As romãs ocorrem na Bíblia em vários contextos. Estavam ligados ao antigo templo onde adornavam gloriosamente os pilares da entrada e também, por instrução divina, presos à saia do sumo sacerdote. Estas romãs coloridas e decorativas alternavam-se com pequenos sinos dourados que representavam simbolicamente o Fruto e os Dons do Espírito Santo. Imagine isso, elas foram até mesmo trazidos de volta pelos espiões que espionaram a Terra Prometida para serem exibidas diante de toda a congregação.

Como afirmado, a romã era altamente recomendada na antiguidade por suas propriedades medicinais e era admirada por suas sementes prolíficas, representando fertilidade e regeneração. A romã é considerada uma ‘super-fruta’ porque é tremendamente rica em antioxidantes. Antioxidantes são substâncias que podem proteger suas células contra os efeitos dos radicais livres. Os radicais livres podem danificar as células e desempenhar um papel em doenças cardíacas, câncer e outras doenças. Assim como os antioxidantes protegem nossos corpos dos radicais livres, o amor que encontramos dentro do corpo de nosso Messias também nos protege dos radicais livres espirituais aos quais todos nós estamos expostos todos os dias, que podem nos danificar e destruir por dentro. Que o fruto do amor, simbolizado pela romã, seja sempre encontrado em abundância em sua vida.

As escrituras relacionadas com este óleo podem ser encontradas em: Êxodo 28:33, Nm 13:23-26, Cântico dos Cânticos 4:3, Cântico dos Cânticos 6:7, Cântico dos Cânticos 6:11; 7:12, Cântico dos Cânticos 4:12,13 e 1 Rei. 7:18